Translate

21 de dez de 2008

A mim, toda a glória.

Passei em frente a uma igreja na cidade, dessas grandes que gastam muitas horas de programação na TV, e vi na fachada várias fotos do líder em várias épocas de vida. Era um painel de fotos expostas na avenida, não sei com qual intuito. Talvez para causar impacto aos transeuntes: “vejam só a minha trajetória. Como eu sou um homem de sucesso! Eu sou o tal!”. Porque ele precisa disso? Porque necessita de uma massagem no seu ego? Penso eu que se houvesse uma foto para se colocar na fachada de uma igreja, esta seria a do Senhor Jesus Cristo e também todas as igrejas se chamariam unicamente “Igreja de Jesus Cristo”. Como não temos fotos de Jesus, já seria a placa suficiente para a igreja, que deverá ter no mínimo a identificação de que é uma igreja evangélica.



Digo isso porque há nomes esquisitos de igreja. Há na internet até uma lista de nomes engraçados, ”Igreja do fulano de tal, a Sumidade”. Ele exalta-se no próprio nome da igreja. Igreja eu vou, você fica. Não estou brincando. Igreja bola de neve. Que tal igreja bola de sorvete? As pessoas receberiam um picolé na entrada como prêmio pela assiduidade. Brincadeiras à parte, nem mais o nome da igreja de Jesus Cristo está sendo respeitado.

A revista Veja fez uma entrevista com um pregador famoso, de mnemônico MF, um sujeito que usa vestimentas extravagantes, lentes de contato coloridas, escova progressiva no cabelo e maquiagem de primeira linha. O entrevistador perguntou se ele se considerava vaidoso. A resposta foi imediata: “o crente tem que abusar da vaidade”. Amigos, isso vai contra tudo o que a palavra de Deus diz. A vaidade, o orgulho, a gula, preguiça, ira, inveja, ódio, são defeitos que precisam ser trabalhados na alma do homem pelo Espírito Santo. O discípulo tem que servir ao próximo, isso está claro nos ensinos do Mestre. Isso implica em renunciar a si mesmo. Como alguém que se renunciou pode ser vaidoso?

Existem certos pregadores na TV que parecem deuses de duas pernas. Na nova Jerusalém do livro de apocalipse, a nova cidade tem 12 portas, cada uma com o nome de um dos apóstolos de Cristo. Acho que Deus vai ter que fazer uma reforma nessa cidade para aumentar a quantidade de portas, porque tem novos apóstolos surgindo a cada dia. Isso tudo é produto da vaidade pessoal. Pastor já é um cargo muito insignificante para eles que querem ser reverenciados pelos homens, como os fariseus na época de Cristo.

Vi certo programa pela manhã um auto-intitulado apóstolo, fazendo o seu programa de enganação de massas. Uma senhora veio numa cadeira de rodas amparada por duas pessoas. O tal "iluminado" mandou a senhora ficar em pé. Os dois auxiliares ajudaram-na e ela deu um passo para frente amparada, mas não conseguia caminhar. Quando ele viu que a coisa não ia prosperar e a transmissão era ao vivo, ou seja, não daria para editar e cortar aquela cena, abandonou-a e foi para o outro lado do palco fazer mais um espetáculo de enganação. Sabem o que aconteceu com a senhora? As câmeras não focaram, mas naturalmente ela se assentou na cadeira de rodas e voltou para o seu lugar.

Tem também uns auxiliares que limpam o rosto do camarada, porque ele tem a cara ensebada, e dizem que no seu suor há unção. O povo acredita nisso.

Olhei o rosto das pessoas. Gente pobre, humilde, sem muita capacidade de uso da razão para perceber que aquilo tudo é uma enganação com o objetivo de roubar as pessoas descaradamente. O espertalhão exige do povo um dízimo de 20%. Não sei de onde ele tirou isso, mas já existe uma igreja que está exigindo 30%. Há igrejas que tem a máquina de cartão Visa para que o crente que estiver sem recursos, se endivide um pouco no seu cartão de crédito. Permite-se pagar o dízimo em 3 vezes.

Na igreja da avenida que mencionei acima, ao final do culto as pessoas saem com rosas na mão. Dizem que é rosa ungida, para ser colocada no ambiente. A rosa enxuga todo o mal ao redor. Por isso é que a rosa murcha. As pessoas acreditam nisso. No saguão há venda de tudo o que o mercado gospel pode oferecer desde CDs de cantores gospel até camisetas, fitinhas, correntes, adesivos, bíblias, livros. Um mercado persa. Quando Jesus chegou ao tempo encontrou exatamente esta situação. Eles não aprendem mesmo. Levarão as chicotadas lá no Tribunal de Cristo.

Está em moda o pregador fazer plástica e botar botox. E haja botox na cara. Deveriam era passar óleo de peroba, esses caras de paus que tem coragem de vir à TV para ensinar o povo a desafiar Deus, exigir os seus direitos, encostar Deus na parede.

Fui comprar roupas há um tempo numa loja masculina num Shopping bem famoso. A loja tinha um certo nome respeitável e gastei uma boa grana em ternos e camisas. O simpático vendedor me disse que tinha muitos clientes da igreja tal, a que mais tem crescido nesses últimos 20 anos, cujo líder tem alguns jatinhos, e só mora em mansões decoradas ao estilo nababesco. Tudo comprado com os dízimos que pertencem ao Senhor. Esse vendedor disse que os sujeitos daquela igreja ligavam pedindo ternos sem os ver. Aí o vendedor perguntava: mais quais ternos? O senhor não vem aqui para ve-los? A resposta era: “não é preciso. Eu quero os mais caros”.

O pagamento sairia dos dízimos do povo, daquele homem que vendeu o seu carrinho de pipoca para fazer o desafio. E eles ficam desfilando os seus ternos caríssimos na TV, entrevistando alguns escolhidos a dedo: “e a sua vida, como é que está agora depois do desafio tal?” “Ah, estou muito bem. Comprei um supermercado, tenho 3 farmácias, abri mais uma agora, 3 carros na garagem e hoje comi lagosta do Dinho’s.” Entrevistador: “Viram só, gente? Palmas para Jesus”. Aí, dê uma olhada no povo. Eles proíbem os câmeramen de focalizarem gente feia ou com cara de pobre. Só aparecem nas câmeras pessoas bonitas. Isso tudo faz parte do marketing.

E eles acham que tudo isso está certo. Deus quer que a gente viva assim. Comendo e bebendo do bom e do melhor, voando de avião. Mas enquanto isso, o povão anda mesmo é de busão, se tiver o dinheiro da passagem para ir para casa. Porque muitos entregam no saquitel do desafio.

Se você é uma pessoa que se identificou com essa reflexão e já foi enganada várias vezes fazendo campanhas e mais campanhas que nunca resolveram o seu dilema de vida, aconselho-o(a) fortemente a tomar uma decisão séria em sua vida e decidir-se por uma igreja que tem o foco nas coisas unicamente de Deus e se preocupa com a salvação do corpo de Cristo. Porque o mundo jaz no maligno. Preocupe-se em salvar a sua alma, amigo, porque a Vida Eterna é real. Jesus Cristo vai arrebatar toda a sua igreja, mas muitos vão ficar, porque não foram ensinados a santificarem suas vidas, mas somente a dar dinheiro para essas instituições criminosas, assim definidas pelo nosso código penal brasileiro.

Manso e suave Jesus está chamando;
Chama por ti e por mim.
Eis que Ele à porta espera velando;
Vela por ti e por mim.

Vem já! Vem já!
Alma cansada, vem já!
Manso e suave Jesus está chamando;
Chama: "Ó vem, pecador!"

Oh! Grande amor que Jesus nos tem dado!
Tem dado a ti, dado a mim, dado a mim, dado a mim
Veio salvar-nos do tão vil pecado;
Veio por ti e por mim.

Vem já! Vem já!
Alma cansada, vem já!
Manso e suave Jesus está chamando;
Chama: "Ó vem, pecador!"

Manso e suave Jesus está chamando;
Chama: "Ó vem, pecador!"
Vem pecador, vem pecador
Vem pecador, sim vem pecador
Sim vem pecador, sim vem pecador

pr José Videira